• Livia Dias

BATMAN 80 ANOS: AS MELHORES HQS DO BATMAN!

Heeey galera! Tudo bem com vocês?


No último dia 21 de setembro o nosso herói, justiceiro e protetor de Gotham City mais conhecido como BATMAN, completou 80 anos! E nada melhor do que relembrar algumas das maiores aventuras dele, certo?


A seguir, confira grandes histórias do Homem-Morcego que eu separei para você que quer conhecer mais sobre o universo sombrio do Batman.



1. CORTE DAS CORUJAS



Batman luta contra Corte das Corujas



Este é um dos arcos mais marcantes do Batman em Novos 52. Não apenas por se tratar de um enredo ousado, sem os tradicionais vilões, e sim por se tratar de uma história que aborda os primórdios de Gotham.


Esta trama, desenvolvida por Scott Snyder e Greg Capullo, traz à tona um sombrio grupo que domina a cidade. O caráter investigativo do Batman é explorado, juntamente do suspense e da tensão, à medida que a Corte das Corujas se mostra extremamente perigosa e audaz.


Batman já ouviu falar sobre o conto da Corte das Corujas. Há séculos reunindo-se nas sombras e usando a ave de rapina noturna como seu cartão de visita, é dito que os membros dessa temível e poderosa cabala são os verdadeiros donos de Gotham City. Mas o Cavaleiro das Trevas nunca acreditou em tais lendas. Para o herói, Gotham é sua cidade. Até agora. Um assassino brutal, munido de afiadas lâminas-garra, vem vitimando algumas das maiores (e algumas das mais perigosas) personalidades de Gotham. Se a antiga lenda for verdadeira, os mestres desse guerreiro sombrio podem se provar predadores mais poderosos que o Batman jamais imaginou – e seus ninhos estão em todos os lugares.


2. MORTE EM FAMÍLIA


Batman carrega o corpo de Jason Todd em Morte em Família



A sangrenta e memorável morte de Jason Todd... Quem não se lembra? Morte em Família é uma história que apresenta um dos momentos mais sádicos do Coringa nos quadrinhos, que marcou a trajetória do Batman.


Produzido em 1988 por Jim Stalin e Jim Amparo, a edição não foi apenas uma simples decisão dos roteiristas na época: os leitores foram determinantes para o evento.


Por meio de ligações em dois números distintos, os leitores votaram se Jason Todd deveria ou não ser morto pelo Coringa. E desta forma, o destino do segundo Robin foi selado de uma forma tão dramática e violenta


Era 1988, véspera do 50º aniversário do Batman, e os fãs tiveram uma oportunidade como nenhuma outra: decidir o destino de um personagem. Os leitores tinham a possibilidade de votar em dois desfechos para a história: manter inalterado o status de Batman e Robin, a Dupla Dinâmica, ou retornar o Homem-Morcego ao que era no início de sua carreira, um solitário e taciturno combatente do crime. A votação aconteceu, os resultados foram contabilizados e a escolha foi feita! Após sua maior derrota, Jason Todd – o Robin – foi assassinado pelo Coringa e Batman tornou-se uma vez mais o solitário protetor de Gotham City. Mas quais seriam as ramificações de uma tragédia como essa? O Cavaleiro das Trevas passaria a ser um vigilante mais dedicado à sua luta por justiça ou perderia o rumo, incapaz de se recuperar de uma derrota dessas?


3. ANO UM



A origem definitiva do Batman em Ano Um

A origem definitiva e inalterável do Batman foi estabelecida em Ano Um. Desenvolvida pelo escritor Frank Miller, essa é a história perfeita para o leitor que quer se aprofundar na origem do herói, mas não sabe bem por onde começar.


Além de conhecermos as motivações do Bruce e de fato acompanharmos o crescimento do Homem-Morcego em Gotham, ainda temos o vislumbre da relação entre o justiceiro e o Comissário Gordon.


Em 1986, Frank Miller e David Mazzucchelli produziram esta revolucionária reinterpretação da origem do Batman – sobre quem ele é e como se tornou o que é. Escrito pouco após Batman: o Cavaleiro das trevas, a distópica fábula de Miller sobre os últimos dias do Homem-Morcego, Ano um abriu caminho para uma nova visão de um lendário personagem. Esta edição inclui a história na íntegra, uma introdução pelo escritor Frank Miller e um posfácio ilustrado pelo artista David Mazzucchelli. Inclui também mais de 40 páginas de estudos de personagem, páginas do roteiro original, esboços e fornece mais do que um vislumbre na criação desse clássico contemporâneo.




4. O LONGO DIA DAS BRUXAS



Batman busca um serial killer em O Longo Dia das Bruxas


O Batman se consagrou nas HQs por ser um grande detetive. Sua origem foi pautada nesta característica, e as histórias que abordam esse lado do herói são as melhores para mim.


Claro que todas as histórias tem o lado investigativo do Batman, contudo, no entanto e todavia, em O Longo Dia das Bruxas eu me senti em um Criminal Minds de Gotham.


Um assassino intitulado Feriado está realizando inúmeros assassinatos em datas comemorativas. Resta para o nosso querido Batman, com auxílio de Harvey Dent e James Gordon, encontrar esse serial killer antes que novos crimes aconteçam.


Originalmente concebida como um arco para a revista Legends of the Dark Knight, a minissérie Batman: o Longo Dias das Bruxas se tornou um dos maiores épicos dos quadrinhos e consagrou a dupla Jeph Loeb e Tim Sale. Seguindo diretamente os eventos de Batman: Ano Um, esta obra mostra uma série de assassinatos ocorridos em datas festivas e sempre relacionados ao submundo dos gângsteres de Gotham City, trazendo de volta personagens como Carmine Falcone - o Romano -, Harvey Dent, James Gordon, Mulher-Gato e muitos outros.


BÔNUS: A PIADA MORTAL


História do Coringa em A Piada Mortal

É impossível falar do Batman e de suas histórias icônicas sem citar A Piada Mortal. Essa com certeza é uma das HQs mais marcantes envolvendo o confronto entre Batman e Coringa.


Novamente vemos a proporção do sadismo do Coringa, e até onde vai a sua necessidade pelo caos. Entretanto, diferente de Morte em Família, em A Piada Mortal nos aprofundamos na origem do vilão (que aparentemente será abordada em seu filme).


Do premiado roteirista Alan Moore (Watchmen, V de Vingança) conta como um dia ruim na vida de um homem pode significar a linha que separa a sanidade da loucura. Principalmente quando se trata do Coringa, o maior e mais conhecido vilão do mundo dos quadrinhos. Os desenhos de Brian Bolland (Camelot 3000), um dos maiores ilustradores dos quadrinhos, elevaram a história praticamente à perfeição retratando com maestria o mundo imaginado por Alan Moore. Mas faltava um detalhe para completar a obra. Bolland não pôde colorir a edição original, e agora, vinte anos depois, isso foi corrigido e as cores foram completamente refeitas pelo artista, seguindo fielmente a sua imaginação. Edição obrigatória para os fãs do Coringa, do Batman e dos quadrinhos.


Vocês já conheciam estas histórias? Quais são as suas HQs favoritas do Batman? Aproveite para compartilhar nos comentários aquela história icônica do herói que ganhou seu coração!


OBS¹: Essa semana sai vídeo sobre o filme do Coringa, iniciando uma série especial dos 80 anos do Batman no canal!


OBS²: Lembrando que todas as HQs do Batman mencionadas neste post estão com descontos na Amazon! Aproveite para adquirir sua Graphic Novel!




©2019 por Sintonia Nerd. Orgulhosamente criado com Wix.com

São Paulo, Brasil